MANUAL DE NS E AMARRAS DESBRAVADORES PDF

The Warranty Period is the time you have to request the total refund of what you paid in your order, if you are not satisfied. As soon as it is requested, your refund is processed automatically by the platform in up to 10 days. For payments via bank payment slip, it is necessary to provide bank account information for the refund to be made. After the information has been provided and the processing period of 10 days, the amount will be credited in your account in up to 7 business days. As for the reimbursement in your credit card statement, it varies according to the payment method, and may take from 30 to 60 days.

Author:Nagis Vudojas
Country:Indonesia
Language:English (Spanish)
Genre:Technology
Published (Last):17 August 2010
Pages:403
PDF File Size:13.98 Mb
ePub File Size:8.68 Mb
ISBN:645-8-56741-753-3
Downloads:14736
Price:Free* [*Free Regsitration Required]
Uploader:Dalmaran



N Direito Alceado Como o N Direito simples utilizado para unir dois cabos da mesma espessura, porm possu uma ala que desata o n quando puxada. Geralmente usado quando o n direito no permanente e precisar ser desfeito mais tarde.

N de Escota Utiliza-se para unir duas cordas de diferente espessura. N de Escota Alceado Mesma utilidade do escota, s que mais fcil de desatar. N de Correr Serve para fazer uma ala corredia em uma corda. N em Oito Utiliza-se para evitar o desfiamento da ponta de uma corda. Utilizado tambm por montanhistas para unir duas cordas n em oito duplo. Volta da Ribeira Utilizado para prender uma corda a um basto tronco, galhos, etc. Volta do Fiel N inicial ou final de amarras. No corre lateralmente e suporta bem a tenso.

Permite amarrar a corda a um ponto fixo. Volta do Fiel Duplo Utilizado para amarrar cabos de reteno e espias. Catau Utiliza-se para reduzir o comprimento de uma corda sem cort-la. Serve tambm para isolar alguma parte danificada da corda, sem deix-la sob tenso. N Aselha utilizado para fazer uma ala fixa no meio de um cabo. N de Arnez utilizado para fazer uma ala fixa no meio de uma corda sem utilizar as pontas. Balso pelo Seio Serve para fazer duas alas fixas do mesmo tamanho em uma corda.

Fateixa Serve para prender um cabo a uma argola. Lais de Guia Utilizado para fazer uma ala fixa e bastante segura tendo em mos apenas uma ponta da corda. N de Pescador Utilizado para unir linhas de pesca, cordas corredias, delgadas, rgidas, cabos metlicos e at cabos de couro.

Volta Redonda com Cotes Utilizado para prender uma corda a um basto. Volta do Salteador Utilizado para prender uma corda a um basto, com uma ponta fixa e outra que quando puxada desata o n. Botija O N de Botija utilizado para amarrar um cabo em um gargalo de garrafa ou jarro.

N de Frade Este N usado para criar um tensor na corda. Pode servir para parar uma roldana ou auxiliar na subida de uma corda como n de apoio.

Tambm pode ser usado para a transmisso de cdigo morse. Enfardador O N Enfardador permite ser sempre ajustado quando necessrio manter uma corda ou cabo sempre esticado. Numa falsa baiana, por exemplo, ao receber muito peso o cabo afrouxa, com este n possvel estica-lo novamente com firmeza ser desfazer completamente o n. Falcaa A falcaa feita na ponta de um cabo evitando que ele comece a desmanchar com o uso e o tempo. Pode ser feita com linha grossa. Cadeira de Bombeiro um n simples e rpido de atar quando se precisa subir ou descer uma pessoa de uma rvore, barranco ou outro ponto.

Para estes casos, existem cadeiras mais elaboradas e seguras. Amarra Diagonal Serve para aproximar e unir duas varas que se encontram formando um ngulo agudo. Para comear usa-se a Volta da Ribeira apertando fortemente as duas peas, do-se trs voltas redondas em torno das varas no sentido dos ngulos, e em seguida, mais trs voltas no sentido dos ngulos suplementares, arrematando-se com um anel de duas ou trs voltas entre as peas enforcamento e uma Volta de Fiel para encerrar.

Pode-se tambm encerrar unido a ponta final a inicial com um n direito. Amarra Quadrada usada para unir dois troncos ou varas mais ou menos em ngulo reto. O cabo deve medir aproximadamente setenta vezes o dimetro da pea mais grossa. Comea-se com uma Volta de Fiel bem firme ou uma Volta da Ribeira.

A ponta que sobre desse n, deve ser torcida com o cabo para maior segurana ou utilizada para terminar a amarra unindose a ponta final com um n direito. As toras ou varas so rodeadas por trs voltas completas redondas entre as peas enforcamento concluindo-se com a Volta do Fiel na vara oposta ao que se deu o n de incio ou com o n direito na extremidade inicial.

Amarra de Trip Esta amarra usada para a construo de Trips em acampamentos, afim de segurar lampies ou servir como suporte para qualquer outro fim. A amarra de trip feita iniciando com uma volta da ribeira e passando alternadamente por cima e por baixo de cada uma das trs varas, que devem estar colocadas lado a lado com uma pequena distncia entre elas.

A vara do meio deve estar colocada bem acima, afim de amarrar a sua extremidade inferior extremidade superior das outras duas ao lado. No necessrio o enforcamento nesta amarra, pois ao ajustar o trip girando a vara do meio a amarra j sofre o "enforcamento" sendo suficientemente presa.

Entretanto, em alguns casos o enforcamento pode ser feito, passando voltas entre as varas e finalizando com uma volta do fiel ou n direito preso a extremidade inicial. Amarra Paralela Serve para unir duas varas colocadas paralelamente. Pode ser usada para apoiar ou at sustentar o outro bambu.

Faz-se uma argola e d-se voltas sobre ela e as duas varas como se estivesse falcaando, terminando, tambm como uma falcaa, passando a ponta do cabo pela argola e puxando a outra extremidade para apertar. Finaliza-se com um n direito unindo as duas extremidades. Intereses relacionados.

DSC 9047 PDF

MANUAL DE NÓS E AMARRAS.pdf

.

K7M0 POSTAGE METER PDF

Especialidade de Nós e Amarras Respondida

.

Related Articles